Foto Internet

Em Rondonópolis os empregos com carteira assinada caíram mais de 130% em julho em relação ao mês anterior. O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgou nesta terça-feira que julho fechou com o saldo positivo de apenas 88 empregos, situação bem diferente do que a registrada em junho quando o total foi de 204.

Apesar da queda de um mês para outro, o saldo ainda é maior do que o registrado em julho do ano passado que empregou 11 pessoas. Desde janeiro já foram criados em Rondonópolis 1.764 empregos formais, o setor de construção civil é responsável por 33% desse total, sendo a área em que mais emprega na cidade.

Leia também:  Conheça a quadrilha estilizada da Escola Silvestre

O coordenador do Sistema Nacional de Emprego de Rondonópolis (Sine), Gerson Ferreira dos Santos Filho, comentou que 70% das vagas que estão em abertos no sistema são para a área de construção. “No Sine há 200 vagas de empregos, onde a grande maioria são para pedreiros, serventes e auxiliares”, explica.

Segundo o coordenador outro setor que tem empregado muitas pessoas em julho e agosto deste ano é agricultura devido à colheita de algodão na região de Rondonópolis. “Muitos já foram contratos para a colheita, mas ainda há várias vagas neste ramo”, diz.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.