Foto: arquivo / AGORA MT

Secretaria Municipal de Educação busca alternativa para reduzir efeitos do clima seco nas escolas. Nesta semana a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e a Defesa Civil orientaram as 724 unidades a suspender as aulas de educação física a céu aberto devido à baixa umidade relativa do ar.

Nesta terça-feira, a umidade relativa do ar, em Rondonópolis, chegou 11%, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com base dos dados da estação automática que fica no campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

A secretária Municipal de Educação, Marilda Rufino, declarou que foi solicitada atenção especial a todos os professores na tentativa de amenizar os efeitos da baixa umidade e incentivar os alunos a beberem mais liquido e comerem frutas com maior percentual de água.

Leia também:  Depois de matar a mulher, homem liga para vendedor buscar móveis comprados à prazo em MT

Marilda informou que aguarda uma resposta da secretaria de saúde sobre quais medidas são aconselháveis, mas até o momento não foi tomada nenhuma ação mais drástica, como suspensão das aulas.

“Não foi preciso suspender as aulas, mas estamos orientando as crianças a ingerirem bastante liquido. Parte das salas de aula onde ficam os bebês possuem umidificador de ar, nas salas das crianças quase todas possuem climatizadores, que apesar de não ser o ideal diminui a temperatura na sala. Esperamos uma resposta da secretaria de saúde”, disse Marilda.

Segundo a escala usada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade relativa do ar ideal é de 60%. A umidade entre 60% e 30% é considerada aceitável. Abaixo de 30% e acima de 20% já representa ‘estado de atenção’. Abaixo de 20% representa ‘estado de alerta’. Quando o nível de umidade relativa do ar fica abaixo de 12%, entra em ‘estado de emergência’.

Leia também:  Falha elétrica é a possível causa do incêndio no frigorífico em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.