Bruno Senna, segundo Jordan, correrá até o fim da temporada (Foto: Divulgação)

A novela Bruno Senna parece que finalmente chegou ao fim. Segundo Eddie Jordan, ex-dono de equipe e colunista da BBC, o brasileiro ocupará a vaga de Nick Heidfeld na equipe Renault a partir da prova deste fim de semana, em Spa-Francorchamps, Bélgica.

Desmotivados e desagradados dos trabalhos feitos pelo alemão, a cúpula do time já dava indícios de que tal saída era prevista, e Senna, como piloto de testes número um da equipe, assume a vaga de bandeja.

Segundo o ex-dono da equipe Jordan, Eddie diz que Senna “leva milhões de libras em patrocínios” ao contrário de Heidfeld, que já foi comandado pelo próprio Jordan durante a temporada de 2004.

Essa será a primeira prova de Bruno Senna pilota um carro em uma corrida desde o Grande Prêmio do Brasil de 2010, quando ele disputava a temporada na pífia equipe Hispania.

Leia também:  Cuiabá, Sinop e Sorriso lideram ranking estadual de tênis de MT

Ainda segundo Jordan, o brasileiro é esperado no cockpit da Renault durante todas as corridas restantes da temporada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.