Foto Varlei Cordova - Agora MT

Profissionais do Centro de Controle de Zoonoses – CCZ de Rondonópolis vão discutir em reunião com a equipe do Ministério Público, nesta sexta-feira (26), a criação do Protocolo de Zoonoses. Vão participar do encontro representante das Organizações não Governamentais – ONGs, da Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores, da Vigilância Sanitária, além da comunidade em geral, as 15h.

O gerente do Núcleo de Vigilância Ambiental, Edgar da Silva Prates, apresentou uma proposta para o Conselho Municipal de Saúde, relacionada à mudança das atividades desenvolvidas pela ‘carrocinha’. A ideia é incentivar uma mudança de hábito entre a população. De acordo com Edgar, a responsabilidade de cuidar de animais doentes é dos donos. A função da ‘carrocinha’ é agir na captura de cães agressivos. A reunião acontece no auditório do Ministério Público.

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.