Sidão ataca rápido pelo meio e deixa Conte a ver navios no Sul-Americano (Jefferson Bernades / Vipcomm)

Na hora decisiva, Sidão agarrou a oportunidade e mostrou que está à altura do posto de titular da seleção brasileira. Com 10 pontos na vitória sobre a Argentina no Sul-Americano, alguns deles de bloqueio em momentos cruciais do jogos, o central deixou boa impressão para o principal compromisso do ano, a Copa do Mundo, em novembro, no Japão.

Mesmo contente pela apresentação em uma partida decisiva diante de um ginásio lotado, o meio de rede sabe que não pode dar bobeira se quiser se manter no grupo.

– Não podemos nos acomodar nunca. Temos um grupo maravilhoso, com excelentes jogadores. Quem estiver melhor vai jogar. A disputa vai ser sempre forte, não posso amolecer.

Leia também:  Inscrições para 1° Duathlon Rondon estão abertas até 15 de maio

Na breve folga que terá, Sidão ficará na torcida pela namorada Dani Lins, que viajou neste domingo para o Peru, onde disputa o Sul-Americano feminino. Quando ela voltar, o central é que estará no exterior, defendendo o Sesi no Mundial de Clubes, em Doha, no Qatar.

– Vou ter que assistir pela televisão. Tenho certeza que ela vai fazer um ótimo campeonato e aproveitar mais uma chance como fiz. E depois vai ficar na torcida de novo.

Sidão, Murilo, Rodrigão, Serginho e Wallace viajarão com o Sesi no próximo sábado. Os demais atletas se reapresentarão normalmente no Centro de Desenvolvimento de Saquarema, no dia 3 de outubro, para iniciarem a preparação para o Pan-Americano e para a Copa do Mundo.

Leia também:  Brasileira leva ouro em natação e se torna a 1° campeã mundial do país
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.