Secretário de Estado de Saúde do Mato Grosso, Pedro Henry - Foto: Internet

O comitê do Ministério da Saúde colombiano chegou no sábado, para conhecer, em primeira mão, a implementação do sistema Publinexo na Secretaria da Saúde do Mato Grosso. O objetivo é avaliar como as inovações tecnológicas têm mudado o panorama da gestão hospitalar no estado.

Em maio último, a vice-ministra da saúde da Colômbia, Beatriz Londoño Soto, participou do encontro do Conselho Gestor Bionexo em Bogotá, apresentando um panorama atual da saúde naquele país, e anunciou que enviaria representantes para conhecer o sistema implantado no Brasil. Na ocasião, mais de 60 diretores hospitalares, líderes em tecnologia da inovação e comunicação, dirigentes de associações e entidades privadas do setor de saúde de países da América Latina, se reuniram para uma reflexão em relação à conectividade e transparência no setor.

Leia também:  Motorista embriagado é preso em flagrante após levar pônei para 'passear' dentro de carro

Desenvolvido pela Bionexo, o Publinexo é um sistema de pregão eletrônico em tempo real para compras públicas na área da saúde, composto por uma plataforma eletrônica, uma comunidade verticalizada de fornecedores e compradores que registram e gerenciam, de forma clara e transparente, todas as informações do processo de compras. “A interação dos hospitais privados com uma comunidade exclusiva da área da saúde gera, em média, 14% de economia real”, explica Maurício De Lázzari Barbosa, presidente da Bionexo.

O sistema tem possibilitado à Secretaria de Saúde do Mato Grosso alcançar melhorias nos resultados utilizando-se da experiência da Bionexo em 10 anos de operação junto ao setor privado. “O Publinexo garante agilidade em nosso processo, transparência no registro de toda a licitação, negociação com todos os fornecedores simultaneamente, aumento da concorrência, controle das compras e entregas, auditoria completa do processo por qualquer cidadão e segurança na armazenagem de dados”, afirma o Secretário de Estado de Saúde do Mato Grosso, Pedro Henry.

Leia também:  Município de MT registra tremor de terra e deixa moradores preocupados

A Bionexo, juntamente com a Associação Colombiana de Hospitais e Clínicas (ACHC), reconhece que os representantes do setor de saúde do país enfrentam um desafio decisivo para assegurar sua operação em busca de um fator determinante: a transparência. “Entendo que isso representa um avanço nos procedimentos habituais do sistema de saúde brasileiro. Estamos inaugurando um sistema público de fazer compra, porque temos coragem de nos modernizar. A sequência disso tem sido a adoção de outros estados que caminham no mesmo rumo.”, complementa Henry.

A visita do comitê colombiano termina no dia 28 de setembro e, durante o período de estada no Brasil, o grupo visitará, também, o Parque Tecnológico de Hospedagem e o Centro de Monitoramento Global, da Bionexo, em São Paulo.

Leia também:  Avião que voltava de MT cai em quintal de casa e mata 3 pessoas em SP

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.