Foto assessoria da Câmara de Itiquira

A sessão da Câmara de Itiquira teve que ser interrompida ontem depois de uma confusão. Na ocasião, os vereadores da cidade iriam votar um novo pedido de afastamento do prefeito Ernani José Sander, mas teve que ser adiada devido a um grupo de apoiadores do prefeito que começou a vaiar o relator da comissão processante.

O prefeito havia retornado ao cargo na última segunda-feira, depois de ter ficado afastado por 60 dias devido a denúncias de fraudes, licitações e uso indevido do transporte público.  A sessão que vai votar esse caso ficou marcada para o próximo mês.

Advertisements
Leia também:  Muniz diz que prefeito não amadureceu politicamente e administrativamente devido à postura sobre a Santa Casa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.