Foto: assessoria

O Comitê pela Duplicação da BR 364 entre Rondonópolis e Cuiabá conseguiu resultados positivos da audiência promovida com o Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, em Brasília. Representantes de várias entidades de Rondonópolis deslocaram-se à sede administrativa do país para reivindicar a duplicação da rodovia federal. De acordo com o deputado estadual, Ondanir Bortolino –Nininho que participou do ato, devido à reunião o ministro comprometeu-se em dar mais agilidade à conclusão dos projetos de duplicação entre Rondonópolis e Rosário Oeste. Dentro de 30 dias a obra estará sendo licitada para ser executada em 2012 após o período chuvoso, informou Nininho. A audiência foi agendada pelo deputado federal, Wellington Fagundes.

“Conseguimos uma boa notícia e isso foi fruto do esforço desse Comitê. O ministro informou que o trecho será dividido em quatro lotes, cujos projetos estão em fase de conclusão, para que a licitação seja feita em até 30 dias. Comprometeram-se com a iluminação entre A Polícia Rodoviária Federal e o Lourencinho. Estamos muito otimistas com o posicionamento de Paulo Sérgio”, enfatizou o parlamentar.

Leia também:  Justiça concede liminar contra Lei de estacionamento no Shopping

Embora seja recente a formação do Comitê pela Duplicação, ele nasce forte porque é fruto de uma antiga indignação dos rondonopolitanos, que se aventuram semanalmente na “rodovia da morte”, como também é conhecido o trecho entre os dos municípios. Com uma carta de reivindicações em punho, o comitê oficializou várias reclamações do setor.

Nininho destacou que no documento intitulado “Carta de Rondonópolis” ainda foi solicitada a duplicação da rodovia BR 163 da saída de Rondonópolis próximo ao posto Trevão até o Terminal da ALL, a 25 quilômetros da cidade, para que esse projeto seja contemplado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. “Como é importante essa duplicação diante da chegada dos trilhos na cidade, o ministro irá solicitar a inclusão do trecho no PAC. O projeto está em fase final e o custo estimado é de R$ 90 milhões, pois contemplará três viadutos”, explicou o parlamentar.

Leia também:  Fórum Sindical pede para MPE afastamento de deputados delatados

Outro ponto relevante do encontro foi a autorização de que a superintendência estadual do DNIT esteja competente para acompanhar e aprovar os projetos dos quatro lotes para duplicação da BR 364. O superintendente interino do órgão em Mato Grosso, Orlando Fanaia e o engenheiro do órgão, Luiz Antonio acompanharam o Comitê.

Compõe o Movimento pela Duplicação da BR 364 os representantes da Associação Comercial de Rondonópolis, Câmara de Dirigentes Lojistas, representante dos veículos de comunicação da cidade, Associação dos Transportadores de Cargas, Rotary e demais cidadãos comprometidos com a causa, além dos deputados federal Wellngton Fagundes e estaduais, Nininho e Sebastião Resende.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.