Foto: Internet

O embarque de milho mato-grossense para exportação totalizou 3,2 milhões de toneladas, até agosto deste ano. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), esta quantidade foi 22% maior, com relação ao mesmo período do ano anterior, sendo embarcadas 578 mil toneladas a mais.

O porto de Santos segue como a rota de escoamento mais utilizada, responsável pelo embarque de dois milhões de toneladas. A segunda rota mais utilizada é Paranaguá, com 477 mil toneladas. Assim, como terceira rota mais significativa aparece o porto de Vitória, responsável por escoar 177 mil toneladas do grão. Esses valores formam as três principais saídas de embarques de milho, que juntos já escoaram 83% do volume total de milho exportado por Mato Grosso.

Leia também:  Mortes na BR-163 caem 32% no 1º semestre do ano

Alguns outros portos são responsáveis por escoar 17% do volume total de janeiro até agosto, com participação principalmente do porto de Guajará Mirim, em Rondônia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.