O governo do estado na Infraero protocolou hoje (13/09), em Brasília, o anteprojeto de adequação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na área entorno do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande. A Secretaria-extraodinária de Estado de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes (Selit) é a responsável por atender as exigências da autoridade aeroportuária voltadas para a Copa de 2014, na capital, e assim dar prosseguimento ao projeto de reforma e ampliação do aeroporto.

O documento protocolado na Infraero é o primeiro projeto de VLT a ser apresentado. Ele é de autoria de um arquiteto da Agecopa. De acordo com o secretário da Selit, Francisco Vuolo, o projeto original previa o trânsito dos ônibus, carros, caminhões e os trens urbanos (VLT) no mesmo nível. Dessa forma, os trens urbanos iriam cruzar com os veículos. Porém, como os aeroportos são considerados áreas de segurança, a Infraero solicitou que fossem feitas adequações.

Leia também:  Detran capacita servidores de Ciretrans em gestão de Protocolo no estado

O novo projeto prevê a construção de um elevado junto à rotatória do aeroporto, evitando que os veículos cruzem com o VLT, modal de transporte definido para o Mundial em Cuiabá.

Vuolo ressalta que, de posse do anteprojeto do VLT, a empresa Global Engenharia, autora do projeto básico de construção e ampliação do Marechal Rondon, vai poder concluir o mesmo, dentro do prazo pré-estabelecido. Nos próximos dias, acontece em Cuiabá a segunda reunião técnica para fechar os detalhes finais entre o Governo do Estado, Infraero e a empresa Global Engenha-ria.

Ele explica também que depois dessa reunião a Global vai poder concluir o projeto básico. Com o projeto básico em mãos, o Governo de Mato Grosso vai poder lançar o edital de licitação do Aeroporto Rondon, conforme o protocolo assinado com a Infraero.

Leia também:  Manifestantes vão pra frente de empresa de Ministro, mas se negam dialogar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.