Erros na escolha da maquiagem podem danificar a lente de contato e podem causar sérias complicações oculares.
Estiagem do inverno acentua o risco. Veja o que recomenda o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto.

A falta de orientação médica na adaptação de lente de contato continua sendo um problema de saúde pública no Brasil, mesmo depois da resolução do CFM (Conselho Federal de Medicina), que este ano alertou para a necessidade de receita. Isso porque as adaptações seguem sem supervisão de um especialista. Resultado: de acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto (www.penidoburnier.com.br), o índice de complicações permanece alto. Um levantamento feito pelo médico mostra que o uso incorreto de lentes faz com que 2 em cada 10 usuários tenham irritação ocular, perda visual, alergia e em casos mais graves, úlcera na córnea que pode levar à cegueira.
Ele diz que a população feminina é a mais afetada, pois a mulher predomina entre os usuários brasileiros. Não é só isso. Por causa dos hormônios sexuais femininos está mais predisposta às disfunções da lágrima, causa número um da intolerância à lente.

Leia também:  9 perguntas que as mulheres devem fazer ao ginecologista

Efeitos dos cosméticos nas lentes
O especialista afirma que entre mulheres 35% das complicações com lentes de contato resultam da penetração de resíduos de maquiagem e outros cosméticos nos olhos. Estes resíduos formam depósitos que provocam a quebra mais rápida do filme lacrimal. Por isso, explica, intensificam a irritação ocular. Também diminuem o prazo de validade da lente que sofre alterações na textura, coloração e transparência por causa de sua maior fricção na superfície do olho.

Como se não bastasse, destaca, os depósitos criam uma espécie de biofilme capaz de neutralizar a ação das proteínas antibactericidas da lágrima. Isso faz com que aumentem o risco de alergia e úlcera na córnea. O perigo é ainda maior na estiagem do inverno porque neste período o ressecamento da lágrima aumenta. Significa que, independentemente da validade indicada na embalagem da lente de contato a recomendação é consultar um oftalmologista e interromper o uso imediatamente quando os olhos apresentarem: vermelhidão, sensação de corpo estranho e visão embaçada. Em muitos casos é necessário trocar a lente antes do vencimento.

Leia também:  Problemas de visão entre as crianças: como notar os sintomas?

Seleção de maquiagem
Queiroz Neto diz que a seleção correta das maquiagens preserva a lente e a saúde ocular. As principais dicas para minimizar as chances de irritar os olhos ou perder a lente antes do vencimento são:
. Evite máscara ou delineador a prova d’água porque podem manchar definitivamente a lente.
. Não use máscara alongadora. Os fios de nylon podem cair no olho e causar irritação.
. De preferência aos lápis macios.
. Substitua as sombras em pó por sombras em bastão para não cair resíduos dentro do olho.

Uso seguro
As recomendações do oftalmologista para o uso seguro de maquiagem são:
· Lave as mãos antes de colocar a lente.
· Coloque a lente antes de aplicar a maquiagem.
· Mantenha o lápis apontado para não arranhar o olho.
· Nunca aplique lápis na borda interna das pálpebras. Isso pode irritar os olhos.
. Evite aplicar a máscara muito próximo à raiz dos cílios.
· Mantenha os olhos fechados na aplicação de pó ou blush.
· Feche os olhos para aplicar spray de cabelo e perfume em spray.
· Retire as lentes antes de remover a maquiagem.
· Evita retirar as lentes ou aplicar maquiagem em veículos em movimento
· Remova a maquiagem com movimentos do canto externo para o canto interno do olho. O movimento contrário facilita a penetração da maquiagem nos olhos.
· Evite esfregar as pálpebras quando remover a maquiagem.
· Troque as maquiagens com frequência. Qualquer alteração na cor, cheiro ou consistência, jogue fora.
· Lave os pincéis e esponjas a cada uso.
· Nunca compartilhe sua maquiagem com outras pessoas
· Higienize e enxágüe a lente e o estojo com solução apropriada.
· Nunca durma maquiada ou com lente de contato.
Fonte:
Dr. Leôncio de Souza Queiroz Neto
Instituto Penido Burnier
Campinas S.P.
55+19+3235 22 02
[email protected]
www.drqueirozneto.com.br

Leia também:  Em um ano, excesso de peso matou cerca de 4 milhões de pessoas no mundo

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.