Foto Acrissul

Dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) apontam que 45% da produção da nova safrinha de milho, 2011/12, já está comprometida, a poucas semanas do encerramento da colheita com 5% de estoque as movimentações se mostram avançadas no mês de setembro.

O fato ocorre a aproximadamente cinco meses antes do  início plantio, e até mesmo antes do plantio da soja, mostra que o mercado está aquecido a ponto de as duas culturas atingirem patamares de comprometimento muito próximos.

De acordo com o instituto é impossível se estabelecer um comparativo, em razão do momento mais precoce de comercialização ocorreu sempre próximo da colheita, geralmente 1 ou 2 meses antes, portanto, faltam números passados, pois nunca ocorreu com tanta precocidade.

Leia também:  Acidente cinematográfico chama a atenção na avenida Júlio Campos

De agora em diante o plantio de soja será determinante para uma elevação desses números, pois, quanto mais se estender a estiagem, menor ficará a janela para o plantio e exploração do maior potencial da cultura.

EXPORTAÇÃO

Segundo o IMEA, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o Brasil exportou 1,5 milhão de toneladas de milho no mês de agosto, totalizando um volume financeiro de US$ 449,8 milhões para os exportadores.

O volume acumulado das exportações deste ano totaliza 4,6 milhões de toneladas, resultando em US$ 1,2 bilhão já recebido pelos exportadores. O valor médio mensal, pago ao exportador no ano de 2011, variou entre US$ 173/t no mês de maio e US$ 295/t em agosto.

Leia também:  Preço do leite pago ao produtor sofre variação e cai em MT

A média dos oito meses já passados é de US$ 264/t. No mesmo período de 2010, o acumulado nas exportações totalizava 3,5 milhões de toneladas e com um preço médio de janeiro a agosto é de US$ 177/t. Enquanto os embarques nacionais aumentaram 29,6% em relação ao acumulado do mesmo período do ano passado, o montante que os exportadores receberam aumentou 92,5%

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.