Reunião entre moradores e comerciantes da Vila Operária com PM e vereador. Foto Ronaldo Teixeira / Agora MT

Moradores e comerciantes da região da Vila Operária se reuniram, nesta sexta-feira (02/09), com o vereador Reginaldo Santos (PPS) e os representantes da Polícia Militar, comandante do 5º BPM, major Odair Pereira de Moura e o comandante do Agrupamento da Vila Operária, 1º tenente Lauro Márcio Osório da Silva, e expuseram a preocupação pela falta de segurança do bairro.

De acordo com o vereador, de cada dez estabelecimentos na região seis já foram assaltados durante este ano, sem contar as residências e pessoas que andam pelas ruas e a situação geral sentimento de vulnerabilidade e preocupação nos moradores.

O vereador expos que os policiais fazem o possível para desempenhar suas atividades, mas a falta condições de trabalho e efetivo dificulta desempenharem a função com mais eficiência e para isso o Governador Silval Barbosa (PMDB) deve se sensibilizar e reverter esse quadro de abandono. “É preciso dar condições de trabalho para a PM, existem apenas duas viaturas para atender a região da Vila Operária quando o ideal seriam sete carros e uma base móvel. O Governador não tem nenhum compromisso com a segurança de Rondonópolis”, cobrou Reginaldo e destacou que o município receberá mais 30 policias, contudo Juína com quase 40 mil habitantes terá um acréscimo de 60 militares.

Leia também:  32ª Corrida da bandeja acontece em Rondonópolis

O comandante Moura se comprometeu em remanejar mais 10 policiais para a região e trabalhar de forma mais presente no comércio, praça, escola e residências.

Ficou acordado que no dia 07 de outubro a comunidade, a polícia e o vereador se reunirão novamente na associação dos moradores da Vila Operária e avaliarão os resultados da ação, e mensalmente desenvolverão iniciativas para combater a região no bairro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.