Um crime brutal chocou a cidade de Primavera do Leste (231 Km ao sul de Cuiabá) quando um homem ateou fogo na casa e com a ex-esposa dentro e os 4 filhos do casal com idades de 5, 11, 13 e 14. A mulher, Eliana Maláquias da Silva,32, morreu carbonizada, e seu corpo ficou irreconhecível, porém as crianças conseguiram escapar ilesas com a ajuda de um vizinho. O acusado é José Antônio de Jesus, 37, que fugiu após incendiar a casa, mas já está preso na Delegacia de Roubos e Furtos da cidade e será conduzido ontem quarta-feira para a Cadeia Municipal.

O motivo do crime, seria que o casal estava separado, porém Eliana e os filhos continuavam morando no mesmo lote, que possuía duas casas. Ela e as crianças estavam na residência dos fundos que foi ateada fogo pelo ex-marido e ficou totalmente destruída. O que se apurou junto a um agente da Polícia Civil da cidade, que as duas crianças e os dois adolescentes seriam filhos legítimos de José Antônio, que mesmo assim, não pensou nas consequências de tentar matar os próprios filhos e ateou fogo na casa na noite da última terça-feira (06).

Leia também:  Empresária acusada de mandar matar irmãos em Rondonópolis tem júri popular anulado pelo STJ

Além do acusado, outras duas pessoas foram detidas para prestarem esclarecimentos, pois permitiram que José mesmo após queimar a ex-esposa, dormisse na casa onde foi preso. A mulher, que não teve o nome divulgado, negou que soubesse do crime praticado por José Antônio horas antes de lhe pedir abrigo. Ela porém, afirmou que conhecia a vítima morta de forma covarde.

Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém não conseguiu conter o incêndio e nem salvar a vida Eliana. Os restos mortais da vítima foram recolhidos por equipes do Instituto Médico Legal (IML) da cidade. O acusado foi preso e autuado em flagrante pelo delegado Rafael Sippel Fossari, entretanto o inquérito deve ficar sob responsabilidade do delegado Jesset Arilson Munhoz, responsável pela Delegacia de Homicídios de Primavera do Leste.

Leia também:  Andarilho é espancado até desmaiar em praça de Sinop
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.