No dia em que Sebastian Vettel ficou a um ponto do bicampeonato na Fórmula 1, uma família com muito mais tradição no automobilismo voltou a fazer história. Aos 15 anos, Pietro Fittipaldi, neto de Emerson, tornou-se o primeiro latino-americano a conquistar um título na Nascar. Foi em no Hickory Motor Speedway, em Charlotte, nos Estados Unidos, na categoria Limited Late Model. O brasileiro chegou em oitavo lugar na prova deste domingo e garantiu a taça, para orgulho do avô.

– Estou muito orgulhoso do Pietro, não só por ser meu neto, mas por ele ter 15 anos de idade e ser o primeiro brasileiro a conquistar um título em Nascar, depois de uma temporada maravilhosa – afirmou Emerson, bicampeão da F-1 em 1972 e 1974.

Leia também:  União aposta em Ricardo para bater o Cuiabá

Pilotando o Chevrolet número 90, Pietro já era o líder da temporada desde agosto. Ele largou em terceiro neste domingo e chegou em oitavo após 50 voltas de uma prova marcada pelos acidentes. A três voltas do fim, ele chegou a ser tocado por outro carro, perdeu posições, mas conseguiu se manter na pista. Todas as corridas são disputadas no circuito oval de Hickory.

O brasileiro Pietro com o troféu da Limited Late Models: título aos 15 anos (Foto: Divulgação)

O vice-campeão, 14 pontos atrás de Pietro, foi o americano Tyler Church, que cruzou em terceiro no domingo. Atrás dele no campeonato ficaram Travis Byrd, Trevor Hignutt e Amber Colvin.

Antes de conquistar o título, Pietro já tinha declarado que sua ambição não é a Fórmula 1. Ele planeja chegar à categoria principal da Nascar até os 20 anos e correr por uma equipe de ponta.

Leia também:  Árbitros de Mato Grosso participam de curso promovido pela CBF

O jovem de 15 anos, na verdade, nasceu em Miami, e é filho de Juliana Fittipaldi com Carlos da Cruz. A família mora hoje na Carolina do Norte, palco das corridas da Late Model.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.