Foto: Internet

Apesar de já estar liberada desde o dia 15 deste mês, o plantio da soja para a safra 2011/12 atravessa um momento pouco favorável para o desenvolvimento da cultura. A falta de umidade no solo e a ausência de qualquer indicativo de chuva até o final deste mês inibem qualquer tipo de trabalho no solo tórrido apresentado atualmente, em quase todas as áreas agrícolas.

O interesse é muito grande em plantar o mais rápido possível, pois a segunda safra passa a ter o mesmo peso da primeira, devido ao alto rendimento produtivo e desempenho financeiro que o milho vem adquirindo ao longo das safras. Obedecendo às regras impostas pela natureza, o correto a se fazer neste momento é esperar uma cadência normal das chuvas, para evitar qualquer trabalho extra que onere o produtor no final da safra.

Leia também:  Projeto “O Rio é Nosso” reuniu mais de 1,6 mil voluntários para limpeza do Ribeirão Arareau
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.