Foto: arquivo / AGORA MT

Em reunião que ainda está em andamento na sede do Comando Regional da Polícia Militar, entre coronel Valdivino Tavares, major Odair Pereira Moura e Sandro Barbosa, foi decidido que o 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de colaborar com a sociedade oferecendo um sistema novo de atendimento durante o período que durar a greve da Polícia Civil.

Moura disse que 4 policiais militares da área administrativa do comando serão colocados em pontos estratégicos da cidade para o registro de ocorrências. “Vamos colocar um policial na Base Comunitária da Vila Operária, um na região da Coophalis, mais um na Vila Salmen  e dois na sala da PM no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) também para o registro de ocorrências das 08h00 às 18h00 e depois deste horário eles vão se concentrar no Cisc”, disse o oficial.

Leia também:  Polícia prende acusado de matar idoso com pancadas na cabeça

Ainda de acordo com Moura, o policiamento normal na cidade realizado pela PM não sofrerá nenhum prejuízo, a ideia da Polícia Militar é colaborar com a sociedade, além de ajudar a nossa co-irmã neste momento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.