Foto:arquivo/AGORA MT

Investigadores e escrivães da Polícia Judiciária Civil em Rondonópolis decidiram retomar os 30%, considerados como serviços essenciais, na verdade correspondente ao plantão mantido do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc).

A greve que já dura mais de dois meses, havia tomado proporções ainda mais preocupantes desde que as categorias decidiram pela paralisação total dos serviços desde a zero hora da última sexta feira (02/09), por conta da rejeição da proposta apresentada pelo Governo do Estado, que ofereceu em lugar dos 3,5 mil Reais reivindicados 2.460 Reais no final deste ano.

Hoje no Cisc, já estava trabalhando uma equipe completa no plantão da Polícia Civil, porém, os inquéritos instaurados no período de greve devem continuar parados.

Leia também:  Operação 'Bairro Seguro' acontece em Paranatinga

Com a retomada dos serviços em 30%, os policiais militares que deveriam atuar durante cinco dias da semana, segunda à sexta, registrando Boletins de Ocorrências nas Bases Comunitárias, necessariamente não terão mais esta incumbência.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.