Com forte esquema policiais caçam ladrões de banco e cooperativa (foto: Roberto Paulo/Jornal Caiabis)

Policiais militares e civis passaram a noite e esta madrugada cercando uma área de mata fechada no Marape, a cerca de 30 km de Tapurah, onde estariam escondidos os assaltantes do Banco do Brasil e do Sicredi que, ontem à tarde, abandonaram uma S-10 usada na fuga e entraram na mata, após tiroteio com policiais que deixou os pneus do veículo furados. “Acreditamos que eles continuam nesta área e podem estar com muito pouca comida e água visto que o plano deles não era entrar na mata mas continuar a fuga”, explicou um policial.

A polícia acredita que nenhum dos assaltantes tenha sido ferido no tiroteio porque não há sinais de sangue na S-10, que foi roubada para fugirem. O bando é formado por 7 ou 8 criminosos que estão com metralhadoras e fuzis. Eles conseguiram entrar na mata levando malotes com dinheiro levado das duas agências. Além de cercar a área, os policiais contam, esta manhã, com apoio do helicóptero do Grupamento Aéreo da PM que voltou a sobrevoar a mata na tentativa de encontrar alguns dos bandidos.

Leia também:  Caminhão roubado é abandonado e recuperado pela Polícia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.