foto da assessoria

O grupo Pró-Unemat entregou ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP), nesta terça-feira (27/09), as 10 mil assinaturas de apoio à implantação de um campus da Universidade Estadual de Mato Grosso – Unemat, na cidade pólo de Rondonópolis. Objetivo é transformar a cidade num pólo educacional proporcionando aumento do número de jovens ao Ensino Superior.

A região cresce aceleradamente com várias empresas se instalando, mas ainda depende, em sua maioria, da mão de obra vinda de outras localidades. São 19 cidades que, juntas, somam 500 mil habitantes, na Região Sul de Mato Grosso.

“O Estado tem que levantar as necessidades existentes em todos os pólos, como o de Rondonópolis que vai precisar, em breve, de 50 mil novos profissionais na área do agronegócio. É necessário buscar a expansão da Unemat para atender essa demanda”, avaliou Riva.

Leia também:  Nas mãos de Fufuquinha

Para ele, é preciso quebrar paradigmas sobre a escassez de recursos, que sempre vai existir, e investir na Educação, ação que ele espera que marque a gestão do governador Silval Barbosa. De acordo com Riva, que sempre lutou pelo fortalecimento da universidade, a instituição ela pode ser mais bem utilizada com a atuação forte nas questões municipais, como na elaboração de planos diretores nas cidades com até 20 mil habitantes e na realização de georreferenciamento, contribuindo com a regularização fundiária dos assentamentos do Incra e Intermat. E que a prioridade é de novos campus em Cuiabá e Rondonópolis.

Com o apoio do presidente Riva, a secretária de Desenvolvimento e Turismo, Teté Bezerra, disse que o próximo passo será uma audiência pública, em data a ser definida. Ela também argumentou que 30% da população de Rondonópolis são de jovens que não têm condições de acesso ao Ensino Superior. “É uma cidade que reúne todas as condições para se tornar num pólo educacional”.

Leia também:  Avião com 400 kg de cocaína é apreendido em Tangará da Serra

Um dos coordenadores do movimento, Thiago Silva, lembrou que a Assembleia Legislativa aprovou a Lei 7.316/2000, que autoriza o governo a instalar o referido campus e se for o caso, a Unemat poderá funcionar numa das escolas públicas da cidade que não tem aula à noite. “Não podemos perder mais tempo, somamos todas as nossas forças para reivindicar a Unemat, pois este é o momento de levantarmos essa bandeira mais alta que nunca, acreditando que o Governo do Estado esteja preocupado com o futuro de milhares de jovens rondonopolitanos que dependem desta decisão para concretizarem seus respectivos projetos de vida”.

Junto com as assinaturas, que já foram entregues também ao governador Silval Barbosa, Riva recebeu cópias das cartas de apoio em favor do campus, que deverá ministrar cursos voltados à vocação da região, como o de Jornalismo, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Econômicas, e os de engenharias de Alimentos, Florestal e Civil.

Leia também:  18° GAC realiza exposição em comemorações à 'Semana do Soldado'
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.