Estabelecimentos comerciais, residências e pessoas em circulação pelas ruas da cidade foram vítimas de ladrões em Rondonópolis; só nas últimas 24 horas foram registrados 15 casos desta natureza no plantão mantido no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc).São números preocupantes dentro do quadro da Segurança Pública.

Na noite passada, em menos de 15 minutos, dois postos de combustíveis foram invadidos por ladrões armados, que renderam funcionários e levaram o dinheiro do caixa. Em um desses casos, em um posto localizado no bairro Sagrada Família, um funcionário da empresa, Edmilson, reagiu e tentou desarmar um dos assaltantes, mesmo assim não conseguiu impedir que os ladrões levassem os 200 Reais do caixa. Nos dois casos os ladrões chegaram ao local do crime utilizando motocicletas e permaneceram o tempo de capacete com viseira abaixada.

Leia também:  Dia dos Namorados deve movimentar comércio de Rondonópolis

Uma residência no bairro Sagrada Família também foi invadida por uma dupla armada, um deles usava capuz e o outro boné. Os assaltantes armados renderam as vítimas, Marcos Roberto e Genivaldo Carlos e levaram objetos de uso pessoal, alianças, aparelhos de telefone móvel, 300 Reais e um notebook.

A revenda de peças ‘Carrolândia’ também entrou para as estatísticas; era 16h30 quando dois homens armados chegaram em uma motocicleta Twister de cor preta e depois de render funcionários e clientes da loja levaram 520 Reais.

A operadora de caixa, Celma Pinheiro foi abordada por dois homens que ocupavam uma moto que ela não conseguiu identificar. O roubo aconteceu poucas quadras antes da casa da vítima, no Jardim Serra Dourada. Celma ficou sem sua bolsa que foi arrancada pelo assaltante que estava na garupa da moto.

Leia também:  Estelionatário aplica golpe e causa prejuízo R$ 8 mil a morador do Morada do Paraty

O pedreiro Mauricio Rodrigues, ficou sem a moto dele, uma Honda Biz 100 cilindradas de cor verde com emplacamento JZB 9772. O trabalhador havia deixado o veículo estacionado na Rua Pedro Ferrer, no Jardim Mato Grosso enquanto trabalhava em uma construção e moto foi levada. O operador de máquinas, Sérgio Martins também teve a mesma falta de sorte; enquanto trabalhava ele deixou a moto Yamaha Factor vermelha com placa NJS 9668, estacionada no bairro Verde Teto, local de onde foi furtada. Foram também registrados dois flagrantes originados pelo crime de furto; os suspeitos foram detidos pela Polícia Militar.

Além desses, vários outros casos foram registrados pela Polícia Militar e encaminhados à Polícia a Civil; todos eles devem ser investigados pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), que desde o início do mês passou a responder também pelos crimes contra o patrimônio registrados na região da Vila Operária – antes a investigação sobre esses casos era de competência da Delegacia Distrital daquela região.

Leia também:  Família é feita refém por 11 horas durante assalto em residência
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.