Scheidt e Bruno Prada na competição na Itália (Foto: Gintare Scheidt / Divulgação)

Robert Scheidt e Bruno Prada precisaram apenas de um segundo lugar para conquistar o título da classe Star no Campeonato Italiano para classes olímpicas, em Garda. Com o resultado da única regata deste domingo, os brasileiros ficaram com 23 pontos perdidos, à frente dos italianos Diego Negri e Enrico Voltolini, com 25. Foi o nono título da dupla em 2011, em 11 disputas.

– O Italiano foi um campeonato difícil, porque perdemos nosso descarte logo no primeiro dia. Com isso, tivemos de velejar de maneira mais conservadora durante todo o restante do evento.

Scheidt lembra que a dupla disputou o Italiano com um barco Lillia e não com o PStar ,com o qual venceram o evento-teste para Londres-2012, em Weymouth, em agosto.
– O PStar já estava “viajando” para a Austrália.

Leia também:  Eurico Miranda é afastado da presidência do Vasco por ser acusado de apoiar vandalismo de torcida

A competição em Garda foi mais uma etapa da preparação de Scheidt e Prada para o Campeonato Mundial de Perth, na Austrália, em dezembro, desafio mais importante da temporada. Lá, a dupla vai buscar a vaga para os Jogos Olímpicos de 2012. Onze das 16 vagas para as Olimpíadas estarão em disputa na competição.

Antes do Mundial, porém, os líderes do ranking mundial da classe Star ainda terão mais duas competições, desta vez no Brasil. Vão disputar o Star Class Southern Hemisphere Championship, de 28 de outubro a 2 de novembro, em Búzios, e a Taça Royal Thames, de 4 a 6 de novembro, em Cabo Frio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.