FOTO ARQUIVO - AGORA MT

Servidores da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (CODER) realizaram uma assembleia geral hoje (14/09) pela manhã, para discutir juntamente com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sispmur) a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), que deveria entrar em vigor no dia 01 de agosto.

O presidente do Sispmur, Rubens de Oliveira Paulo, propôs a dilatação no prazo para o início da greve, pois os servidores iniciariam hoje a paralisação se não houvesse um acordo, para realizar uma audiência entre a diretoria da Coder, o prefeito José Carlos Junqueira de Araújo (PMDB), representantes do sindicado, servidores e o procurador do Ministério do Trabalho.

A proposta foi aceita pelos servidores que agendaram a reunião para o dia 28 de outubro, caso não cheguem a um acordo a categoria iniciará o movimento grevista no começo do mês de outubro.

Leia também:  Aula inaugural marca o início de cursos gratuitos para a população
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.