Reuniao academicos da UFMT sobre a passeata. Foto: Varlei Cordova / Agora MT

A emancipação administrativa e financeira do Campus Universitário de Rondonópolis do pólo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) de Cuiabá é uma das pautas de reivindicação da passeata organizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) que será realizada na tarde desta terça-feira (06/09), onde toda a população, estudante ou não, é convidada a participar.

Pâmella Araújo Balcaçar, presidente do DCE, disse que essa é uma das ações que os acadêmicos realizarão para que o campus de Rondonópolis se desligue de Cuiabá, para que a unidade possa obter melhorias, como por exemplo, a aquisição de mais livros para a biblioteca, criação de uma creche para que os alunos possam deixar os filhos, investimento em produção de pesquisa e também a ampliação do corpo docente e do campus. “Entendemos que Rondonópolis não é assistida como deveria e a emancipação de Cuiabá seria o primeiro passo para a criação da Universidade Federal de Rondonópolis”, frisou Pâmella.

Leia também:  1ª parcela do 13° deve movimentar R$ 200 bilhões

A presidente do DCE e os demais representantes observaram que ano passado em Rondonópolis foi investido em construção no campus apenas 600m contra mais de 16 mil metros em Cuiabá e se não houver uma mobilização de reivindicação a cidade ficará esquecida e os futuros acadêmicos continuarão padecendo com a precariedade existente na universidade. “Por acaso Rondonópolis não merece a criação da UFR? Estão construindo outros centros universitários e nós continuamos sem professores, livros e utensílios básicos para as atividades nos laboratórios. É preciso que todos participem dessa manifestação para conseguirmos resultados positivos”, afirmou Pâmella.

A passeata terá início às 13h30min na Praça Brasil e percorrerá o centro da cidade com destino a Prefeitura municipal, onde será apresentado um documento de pedido de apoio à causa. Os universitários também apoiarão as reivindicações dos docentes e técnicos administrativos da UFMT que estão em greve.

Leia também:  Plano de Desenvolvimento Institucional é tema de workshop realizado na Prefeitura
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.