Foto: assessoria

Representantes do núcleo de Mato Grosso da Associação Nacional dos Pós-Graduados em Instituições Estrangeiras de Ensino Superior (ANPGIEES), reuniram-se na tarde desta terça-feira (04/10) na Câmara Municipal para pedir a intercessão dos vereadores junto ao prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), para discutir a admissão dos diplomas obtidos em países que compõem o Mercosul.

De acordo com a servidora pública do município, Rosimar Auxiliadora da Cunha, os servidores solicitam apenas que seja cumprido o decreto 5.518 de 2005, assinado pelo então presidente da República Luis Inácio Lula da Silva (PT), que assegura automaticamente a convalidação dos diplomas para docentes e pesquisas realizadas em países parte do Mercosul.

Leia também:  Chuva deve cair ainda esta semana em Rondonópolis; diz Inpe

“Mesmo com o decreto presidencial a secretaria municipal de Educação se nega a cumpri-lo, indo contra o PCCS que garante a elevação de nível mediante apresentação do diploma. Por isso, precisamos da ajuda de todos para discutir o assunto junto ao prefeito”, clamou a servidora.

O presidente da Câmara, vereador Ananias Filho e os vereadores Lourisvaldo Manoel de Oliveira – Fulô, Mohamad Zaher, Reginaldo Santos, Miltão da Costa, Helio Pichioni e Olímpio Alvis, firmaram apoio à admissão do diploma no município e se comprometeram a conversar com o prefeito.

Com a aceitação, os servidores com diplomas obtidos no Mercosul poderão usufruir dos benefícios contidos no Plano de Cargos, Carreiras e Salários do município.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.