Foto Varlei Cordova - Agora MT

O último Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF), cuja tabela é utilizada como base de cálculo para cobrança de ICMS, assustou os revendedores de combustíveis e, em breve, deve chegar aos consumidores também.

O Ato Cotepe, que divulga a tabela do PMPF , entra em vigor no próximo dia 16 com novos valores para o óleo diesel, etanol e também para a gasolina. Quanto ao óleo diesel, por exemplo, a pauta passou de R$ 2,2382 para R$ 2,4941. O revendedor Daniel Locatelli calcula que o grande reajuste pode fazer com que o preço do litro de óleo diesel aumente acima de R$ 0,04 na bomba, um valor considerável principalmente para quem abastece em média 500 litros, dependendo da viagem e do trajeto a ser realizado.
O revendedor acredita que há um exagero no valor apresentado. Ele compara o Ato Copete, regulamentado pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), com a pesquisa de preços realizada pela Agência Nacional do Petróleo. Neste mês de outubro, o preço médio do óleo diesel está em R$ 2,265.
Advertisements
Leia também:  CGE capacita servidores quanto à responsabilização de fornecedores

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.