[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hGN6J8_1Mgk[/youtube]

Aposentada Maria de Lurdes Araújo foi uma das primeiras técnicas em enfermagem de Rondonópolis. Ela vive na cidade com a família há mais de 50 anos. De acordo com ela naquela época não havia Posto de Saúde, os atendimentos eram centralizados nos hospitais. “O deslocamento do paciente de um lado para outro como acontece hoje faz com que demore o atendimento, piorando cada vez mais o estado do paciente”, diz.

Maria de Lurdes comentou que antigamente os médicos exigiam bom atendimento das enfermeiras, “nós tínhamos que estar sempre de bom humor e tratar todas as pessoas com dedicação”, fala.  Segundo a aposentada o trabalho de enfermeira deixa saudade, já que gostava de exercer a profissão. Para ela a única área que nunca quis trabalhar foi com a pediatria, pois não aguentava ver o sofrimento das crianças.

Leia também:  União perde em casa e dá adeus ao sonho da Série C
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.