Kelly Slater após uma derrota no Mundial da França no ano passado (Foto: AFP)

Hossegor, 1992. Ali, um ainda cabeludo Kelly Slater conquistava a primeira de suas 48 vitórias em etapas do Circuito Mundial. Hoje, dez títulos mundiais depois, ele volta à costa francesa disposto a acabar com uma “maldição”. Aquela foi a única vez que ele triunfou na França.

Slater lidera o ranking mundial. Nas últimas três etapas, travou um duelo acirrado com o australiano Owen Wright, vice-líder. A etapa francesa, oitava das 11 da temporada, e, nos últimos anos, trouxe uma peculiaridade à carreira do americano.

Em 2008, Slater chegou perto do título na França. Se conseguisse, conquistaria ali o eneacampeonato mundial. Viu, porém, um outro australiano estragar a sua festa: Adrian Buchan. O americano acabou erguendo o caneco da temporada semanas depois, em Mundaka.

Leia também:  União começa neste domingo sonho de voltar à Copa do Brasil

No ano passsado, o carequinha sofreu outra derrota amarga na França. Dessa vez para Mick Fanning, de novo na final. E, assim como em 2009, se recuperou a tempo de conquistar o caneco mundial. A conquista veio em Porto Rico.

Neste ano, Slater, a princípio, estreará contra o compatriota Dane Reynolds. Ele, no entanto, ainda não disputou nenhuma etapa este ano e pode desistir pouco antes do início da competição. O outro adversário ainda será anunciado.

O Brasil vai para a França com Adriano de Souza, o Mineirinho, Jadson André, Alejo Muniz, Heitor Alves, Roani Monteiro, Gabriel Medina e Miguel Pupo.

Baterias da primeira fase:

1. Jeremy Flores (FRA), Matt Wilkinson (AUS), Tiago Pires (POR)
2. Taj Burrow (AUS), Jadson André (BRA), Travis Logie (AFS)
3. Mick Fanning (AUS), Heitor Alves (BRA), John John Florence (HAV)
4. Owen Wright (AUS), Chris Davidson (AUS), Fred Patacchia (HAV)
5. Jordy Smith (AFS), Brett Simpson (EUA) e convidado
6. Kelly Slater (EUA), Dane Reynolds (EUA) e convidado
7. Joel Parkinson (AUS), Raoni Monteiro (EUA), Taylor Knox (EUA)
8. Adrian Buchan (AUS), Kieren Perrow (AUS), Kai Otton (AUS)
9. Bede Durbidge (AUS), Gabriel Medina (BRA), Dusty Payne (HAV)
10. Michael Bourez (TAH), Alejo Muniz (BRA), Miguel Pupo (BRA)
11. Adriano de Souza (BRA), Josh Kerr (AUS), Daniel Ross (AUS)
12. Julian Wilson (AUS), Damien Hobgood (EUA), Patrick Gudauskas (EUA)

Leia também:  Árbitros de Mato Grosso participam de curso promovido pela CBF
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.