Climatatologista, Jose Roberto Tarrifa - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O período de chuvas começou mais cedo este ano, a previsão era que a primeira ‘bancada’ acontecesse apenas em 15 de outubro. Mesmo com o inicio das chuvas o clima deve continuar com umidade baixa e que só melhora em dezembro quando o volume de chuva deve chegar em torno de 200 milímetros.

O coordenador do laboratório de climatologia da UFMT de Rondonópolis, José Roberto Tarifa, explicou que a tendência para o Estado é que as chuvas se mantenham dentro da média se comprado com outros anos. “Não deve ter excesso e nem falta para esse período da primavera que acaba em 21 de dezembro”, diz.

Tarifa comentou que o volume de chuva deve alcançar cerca de 170 milímetros, em novembro a quantidade deve subir para 180 milímetros e dezembro o volume aumenta aproximadamente 10% em comparação ao mês anterior. O coordenador falou que mesmo com a chegada das chuvas o calor vai continuar intenso, já que a umidade ainda não volta ao seu estado normal, “como o teto de nuvens está baixo o ‘mormaço’ permanece até mesmo no período noturno”, fala.

Leia também:  Transporte público será gratuito no desfile de 7 de setembro em Rondonópolis

Segundo o coordenador plantas no quintal, varanda em volta da casa e aberturas maiores são algumas das dicas que fazem com que a casa fique mais protegida do calor.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.