Leryn Franco divide seu tempo entre os treinos e os trabalhos também como modelo (Foto: Divulgação)

As duas participações olímpicas podem não ter dado a Leryn Franco o reconhecimento que esperava. Ficou bem longe de uma das cobiçadas medalhas no lançamento de dardo nas edições de Atenas-2004 e Pequim-2008, mas ganhou o coração de fãs ao redor do mundo.

A paraguaia de 29 anos, que arranja tempo na agenda também para trabalhar como modelo, não se considera tão bonita. Gosta do título de musa, mas quer ser lembrada também por seus resultados. Depois de dois oitavos lugares nos Pans de Santo Domingo e do Rio, ela sonhava com um lugar no pódio na edição de Guadalajara. Só que, segundo a imprensa do Paraguai, uma forte gripe e uma faringite aguda já preocupam os dirigentes e coloca em dúvida sua participação.

Leia também:  Brasileira leva ouro em natação e se torna a 1° campeã mundial do país

Leryn é considerada uma das esperanças de medalha da delegação de seu país, que conta com 29 atletas. O país, que na história dos Jogos conquistou apenas cinco delas (uma prata e quatro bronzes), quer melhorar sua participação no México. Leryn segue em recuperação em uma clínica em Assunção, e tem viagem marcada para o dia 20 de outubro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.