Barack Obama e sua família olham monumento em homenagem a Martin Luther King recém inaugurado

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, inaugurou neste domingo (16) um monumento em homenagem a Martin Luther King em Washington, figura que, segundo ele, “colocou uma voz em nossos sonhos mais profundos”.

Milhares de pessoas, a grande maioria negras, se reuniram na capital americana em uma manhã de homenagens ao defensor dos direitos dos negros e prêmio Nobel da Paz.

O memorial a Martin Luther King, já aberto ao público, está localizado perto do National Mall, a imensa e prestigiada esplanada ao sul da Casa Branca, e vizinho aos memoriais erguidos em homenagem a Lincoln, Jefferson e Roosevelt.

Este é o primeiro monumento que honra uma pessoa negra e o único desta importância a ser dedicado a uma personalidade que não tenha sido um presidente dos Estados Unidos.

Leia também:  Morre no México padre que foi esfaqueado durante missa

Martin Luther King é símbolo de luta pelos direitos civis

Martin Luther King, figura emblemática da luta pelos direitos civis e contra a segregação racial nos Estados Unidos, militante pacifista, foi assassinado no dia 4 de abril de 1968 aos 39 anos.

O memorial, dedicado ao pastor e a sua mensagem de “democracia, justiça, esperança e amor”, é um espaço aberto de 1,5 hectares a alguns metros do Lincoln Memorial, onde King pronunciou seu discurso mais famoso no dia 28 de agosto de 1963.

O espaço tem o formato de um arco margeando um lago, alimentado pelas águas do rio Potomac. Adornado com vários chafarizes, é dotado de um muro de 140 m de comprimento, no qual estão gravadas 14 frases de discursos pronunciados por Martin Luther King entre 1955 e 1968.

Leia também:  Curandeiro se entrega a policia por ato de canibalismo "estou cansado de comer carne humana"

Um portal em forma de penhasco permite ingressar no espaço arborizado, em meio ao qual se levanta a “Pedra da esperança”.

Desta pedra de granito branco emerge uma estátua de 9 m de altura que representa o pastor, com seus braços cruzados e olhando o horizonte, concebido pelo escultor chinês Lei Yixin.

O pastor de Atlanta nasceu no dia 15 de janeiro (de 1929), uma data lembrada a cada ano nos Estados Unidos desde 1986 com um feriado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.