Manifestantes em frente ao Centro de Nefrologia - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

Pacientes do Centro de Nefrologia de Rondonópolis fizeram uma manifestação pedindo mais estrutura e profissionais para o local. Segundo os pacientes o atendimento tem sido prejudicado, no local onde deveria ter cinco técnicos de enfermagem para atender a demanda possui apenas dois para cuidar de 17 máquinas.

Ana Paula Portes de Oliveira que faz tratamento no Centro há sete anos explicou que por lei cada técnico em enfermagem poderia cuidar apenas de quatro máquinas, mas que no Centro de Nefrologia da cidade apenas dois estão cuidando de 17. “A situação é mais precária no 4º turno que começa às 22h e no 5º turno que inicia por volta da 2h30 que faltam mais profissionais e já avisaram que hoje terá apenas um técnico para atender nesses turnos, o que com certeza vai atrasar o atendimento”, diz.

Leia também:  Igrejas celebram Corpus Christi com missas e procissões em Rondonópolis

Outro paciente do local há quatro anos, João da Silva, contou que faz tempo que essa situação vem se arrastando e que muitos técnicos abandonaram os cargos porque não há estrutura no local. “Falta papel toalha, não tem lençol para as macas, a estrutura do prédio está ruim. Administração do Centro informa que já enviou documentos que falam sobre a situação do local, mas a Secretaria de Saúde não atende aos pedidos”, fala.

Os manifestantes colocaram faixas em frente ao Centro para poder chamar a atenção das autoridades para ver se o problema será resolvido. Nas faixas eles falam sobre o descaso com os pacientes e funcionários do local. Os manifestantes esperam a presença do Secretário Municipal de Saúde e a administração do Centro para poderem debater sobre os fatos que vem ocorrendo.

Leia também:  Ex-governador do Rio Grande do Sul visita Prefeitura

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.