Foto: Divulgação - Internet
Chico Buarque voltou aos palcos após cinco anos. O cantor animou e levantou o público que compareceu ao Palácio das Artes, em Minas Gerais, no sábado (5) e domingo (6). Ele ficará no Estado até esta terça-feira (8). Chico cantou 28 músicas e depois voltou para o “bis” com mais três.

Os shows são para o lançamento de CHICO – título homônimo de seu novo CD. Ele ainda tocará em Porto Alegre (Teatro Sesi, 28 e 29 de novembro), Curitiba (Teatro Guaíra, de 15 a 18 de dezembro), Rio de Janeiro (Vivo Rio, de 5 a 29 de janeiro) e São Paulo (HSBC Brasil, de 1 a 25 de março).

Com duração de aproximadamente 90 minutos, Chico Buarque foca em seu trabalho recente, mas também há espaço para surpreender o público com a volta de Cálice, desta vez em uma nova versão.

Leia também:  Aaron Carter assume ser bissexual em desabafo na internet

Confira o repertório do último CD que já vendeu quase 100 mil cópias:

1. “O velho Francisco”
2. “De volta ao samba”
3. “Desalento”
4. “Injuriado”
5. “Querido diário”
6. “Rubato”
7. “Choro bandido”
8. “Essa pequena”
9. “Tipo um baião”
10. “Se eu soubesse”
11. “Sem você 2”
12. “Bastidores”
13. “Todo o sentimento”
14. “O meu amor”
15. “Teresinha”
16. “Ana de Amsterdam”
17. “Anos dourados”
18. “Sob medida”
19. “Nina”
20. “Valsa brasileira”
21. “Geni e o zepelim”
22. “Barafunda”
23. “Sou eu”
24. “Tereza da praia”
25. “A violeira”
26. “Baioque” (com citação de “My mammy”)
27. “Cálice” (com nova letra, de Chico e Criolo)
28. “Sinhá”

Leia também:  Magal bailará com Ney e Flausino ao som de Rita Lee em gravação ao vivo

BIS. “Sonho de um carnaval” (com citação de “A felicidade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes), “Futuros amantes” e “Na carreira”

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.