Foto: arquivo / AGORA MT

O Conselho de Desenvolvimento Funcional dos Profissionais da Educação Infantil e do Ensino Fundamental (Consede) está com as atividades comprometidas, pois os novos conselheiros ainda não foram nomeados.

A falta de iniciativa do prefeito José Carlos Junqueira de Araújo, mais uma vez impediu que os novos conselheiros do Consede iniciassem as atividades de analise de solicitações e procedimentos relacionados aos servidores da educação, como por exemplo, a elevação de nível, mudança na referência do servidor, afastamento e outros processos que devem ser avaliados pelo conselho.

Em setembro venceu novamente a portaria de nomeação dos conselheiros, o prefeito tem 60 dias para nomeá-los após a publicação, contudo o prazo vence e nada é feito. O presidente do Sispmur, Rubens de Oliveira Paulo, observou que infelizmente a demora nos procedimentos é uma peculiaridade do chefe do Poder Executivo e a mesma demora ocorre também eu outras questões que dizem respeito aos servidores, como por exemplo, os repasses de pagamentos do Serv Saúde e Impro.

Leia também:  Desfiles das escolas municipais marcam a Semana da Pátria

Como a nova diretoria não assumiu, os trabalhos estão suspensos até que tomem posse do cargo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.