Terminal Rodoviário de Rondonópolis- Foto:Ismail Caetano

Depois que o Conselho do Idoso passou a atuar em uma sala no terminal rodoviário de Rondonópolis caiu em 100% às denúncias contra as empresas de ônibus que não cumpriam a lei de reserva de passagens para os idosos. Antes de atuar no local o Conselho dos Idosos recebia de 10 a 15 reclamações por dia contra empresas de ônibus.

O presidente do Conselho do Idoso, Lindomar Lemes dos Santos, afirmou que já fazem dois meses que estão atuando no espaço que fica no terminal e que depois disso não houve mais reclamações sobre as reservas. “Quando iniciamos os trabalhos aqui nós encaminhamos duas denúncias para Ministério Público, depois disso não recebemos mais reclamações nesse sentido. Só com a nossa presença conseguimos inibir as irregularidades”, fala.

Leia também:  Alto preço do gás de cozinha gera fiscalização do Procon em comércio de Rondonópolis

De acordo com Lindomar outro ponto a ser fiscalizado de perto será em relação aquelas pessoas que ficam próximos e dentro da agência do INSS dizendo que vão ajudar os idosos a conseguir a aposentadoria. “Essas pessoas ficam enganando os idosos para conseguirem dinheiro deles e isso não é necessário basta o idoso estar com documentos e procurar o INSS. Já tivemos problemas como esse e os encaminhados para a Polícia Federal”, conta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.