Parte dos trabalhos expostos no Arte na Praça. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Incentivar os artesões a mostrarem os trabalhos, esse é um dos objetivos do projeto Arte na Praça – Rua da Cultura II, que teve início nesta sexta-feira (04/11) na Praça Brasil. O evento da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer do Município, conta com o apoio da produtora cultural, Geralda de Fátima da Silva e patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura, por meio do Fundo de Fomento à Cultura.

Durante o evento é exposto pintura em tela, trabalhos de crochê, sandálias, suvenir de sementes em forma de animais, pulseiras e outros objetos. Além de apresentações musicais com os cantores Djalma Barros e Amanda Rodrigues e das companhias de dança Grupo Puro Swing, World Dance e Central Única das Favelas – Cufa.

Leia também:  Cáritas Diocesana realiza projeto: 75 anos em defesa da vida

Fátima estima que em Rondonópolis exista cerca de 300 artesões e que muitos ainda permanecem no anonimato e a feira é uma oportunidade de exporem os trabalhos e comercializá-los. “O projeto é uma oportunidade do artesão mostrar o trabalho e ser reconhecido, por essa razão é muito importante promover eventos para fomentar o artesanato de Rondonópolis”, disse  a coordenadora da evento.

Apesar de ser o segundo evento Fátima observa que o Arte na Praça ainda é tímido, mas bem melhor em relação à última edição, e espera que para o próximo ano tome proporção maior, tanto na quantidade de dias, como de expositores e visitantes.

A feira ocorre nesta sexta-feira (04/11) das 7h30 às 17 horas e no sábado (05/11) das 7h30 às 12 horas.

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.