Arquivo Agora MT

O maior programa de recuperação de vias urbanas do interior do Estado que vem sendo executado em Rondonópolis após uma parceria entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal também abrangerá a Região da Grande Vila Operária. O primeiro secretário da Câmara Municipal de Vereadores e presidente da Comissão de Obras e Serviços da Casa de Leis, Lourisvaldo Manoel de Oliveira -Fulô apresentou uma indicação solicitando a aplicação de lama asfáltica, prioritariamente, nas ruas e avenidas mais degradadas da Vila Operária, Vila Mariana e Itamarati.

O pedido foi encaminhado ao prefeito municipal, Zé Carlos do Pátio, ao secretário de Infraestrutura, Ronaldo Uramoto e ao presidente da Coder, Darci Lovato. Segundo Fulô, o programa aumenta a vida útil do asfalto e evita a degradação nesse período chuvoso.

Leia também:  Ipê Amarelo é replantado na Praça Brasil após campanha no rádio feita vereador Orestes Miráglia

“Já falamos com o prefeito e ele sinalizou positivamente à nossa solicitação. Com certeza esse programa vai melhorar o aspecto dos bairros e garantir a preservação das ruas e avenidas que já possuem asfalto”, destaca o vereador.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores da Vila Mariana e Vila Itamarati, José Severino da Silva Neto algumas ruas estão em estado crítico. “A rua Costa e Silva poderia melhorar a trepidação com a aplicação da lama asfáltica. Na José Barriga com a rua Filinto Müller a recuperação daria mais tempo de vida útil ao asfalto”, comenta o presidente.

Ele lembra ainda que na rua Castelo Branco é preciso uma operação tapa buracos antes da aplicação da lama asfáltica.

Leia também:  Sergio Moro determina bloqueio de mais de R$600 mil em conta de Lula

O programa de recuperação das vias urbanas aumenta a vida útil do asfalto em até oito anos. O convênio realizado em parceria com o Governo do Estado destinou R$ 4 milhões para esse programa, capaz de recuperar dois milhões de metros quadrados com lama asfáltica.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.