Um dos cronistas brasileiros mais conhecidos, Luis Fernando Veríssimo já foi jornalista, saxofonista, tradutor e publicitário - Foto: Sylvio Sirangelo
O escritor Luis Fernando Veríssimo, será homenageado com o Prêmio Scopus pela Sociedade Brasileira de Amigos da Universidade Hebraica de Jerusalém, nesta quarta-feira (9), em evento no Buffet França, em São Paulo. A honraria será entregue por Arnaldo Niskier, membro da Academia Brasileira de Letras.
São dois os motivos para a homenagem: a contribuição do escritor gaúcho à literatura brasileira e o apreço de sua família pelo Estado de Israel, que vive atualmente uma das mais complicadas situações perante autoridades internacionais devido à sua política em relação à Palestina.
Em 2007, quando esteve em Israel, Veríssimo recebeu em nome de seu pai uma homenagem do governo do país pelo trabalho Israel em Abril, obra que impulsionou o turismo de brasileiros ao local nas últimas décadas. Na ocasião, ele lamentou o fato de a existência da nação ainda ser contestada em algumas partes do mundo e a dificuldade de paz na região do Oriente Médio.
O Prêmio Scopus – já entregue a personalidades como o maestro Zubin Mehta, o diretor Roman Polanski, o ex-presidente dos EUA Bill Clinton e o ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair – é considerado a maior honraria entregue por uma Associação de Amigos a um indivíduo. Em 2004, quando ainda era ministro da cultura, Gilberto Gil foi agraciado com a homenagem.

Leia também:  Karol Moura | "Eu sou privilegiada por ter iniciado em uma igreja"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.