Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Aparecido Pedro da Silva, lavador de carros, foi morto na noite de sábado (19/11), por volta das 23 horas, com vários tiros, inclusive na cabeça, enquanto bebia cerveja sentado a mesa do bar Altas Horas no Parque São Jorge, segundo relato de uma testemunha, que consta no Boletim de Ocorrências, lavrado pela Polícia Miltar, Aparecido teria sido morto por um traficante de drogas conhecido como Lelo.

De acordo com a testemunha, Aparecido teria avisado ao traficante, que constantemente cobrava uma dívida de drogas do sobrinho de Aparecido, que Lelo deveria deixar seu sobrinho em paz e esta ameaça seria o motivo da sua morte.

Leia também:  Inscrições para curso gratuito preparatório para o Enem são prorrogadas em MT

Ainda segundo testemunhas, depois de atirar em Aparecido, Lelo fugiu do local em uma moto CG vermelha, de placa MPJ 4250.

NA HORA E LOCAL ERRADO

Outra vítima dos disparos de Lelo, foi o pintor Maycon Deivid de Sousa Roz, que também estava no local, quando uma das balas endereçadas à Aparecido, acabou atingido Maycon por um dos disparos na altura da cintura.

 

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorTapiocaria Delicias da Macaxeira
Próximo artigoValentino

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.