Foto: arquivo pessoal

Faleceu aos 55 anos, em Campo Grande MS, onde se encontrava em visita aos filhos, o Dr. Silvio Roberto Bertozzo, um dos médicos de referência de Rondonópolis. Obstetra e clínico geral ligado à Secretaria de Saúde, oferecendo atendimento em diversos PSFs, o médico era um dos responsáveis pela clínica da Fusmat. Natural de São Bernardo do Campo SP e formado pela Faculdade de Medicina Souza Marques, do Rio de Janeiro, Silvio e a esposa, também médica, Rosângela Ramos Bertozzo, chegaram em Rondonópolis no ano de 1983.

Dono de uma grande generosidade e senso de ética médica, Bertozzo foi servidor federal e municipal, como médico, por 25 anos e, atualmente, além do consultório e da Fusmat, atendia nos PSFs do Jardim Guanabara e da Cohab Velha. Em entrevista à reportagem o Prefeito José Carlos do Pátio afirmou que o falecimento do médico é uma grande perda para a classe médica e para Rondonópolis, especialmente para as pessoas mais humildes, que ele atendia com tanta dedicação e respeito.

Leia também:  Placas de grama são furtadas e Coder pede que casos sejam denunciados

Pátio afirmou ainda: “Por 24 anos Rondonópolis teve o privilégio de contar com um grande médico. Como prefeito e, em nome de toda a cidade, estou muito triste com esta perda. A cidade está de luto pelo muito que o Dr. Silvio Bertozzo fez pelas pessoas mais desassistidas. A prefeitura, através da Secretaria de Saúde e, a curto prazo, deverá prestar uma justa homenagem a este grande médico”.

Silvio Bertozzo deixa esposa, Dra. Rosângela Ramos e dois filhos: Beatriz e Vinicius. O corpo do médico está sendo velado no Cemitério de Vila Aurora e será sepultado, na manhã de quarta-feira, no Cemitério de Santa Cruz

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.