O mutirão de serviços esteve no residencial Padre Lothar para atender a população que vive no local. A comunidade teve acesso a orientações sobre documentos, aposentadoria, saúde, programas de habitação e combate a dengue.

O presidente do bairro, Ribamar Amorim, afirmou que é de suma importância trabalhos como esse dentro da comunidade principalmente na conscientização contra o mosquito da dengue. No local foi constado pelos órgãos competentes que há um alto índice de mosquito transmissor da doença devido aos barracos de lonas que não foram destruídos.

Ribamar comentou que esteve nas casas dos moradores que ganharam os imóveis, mas que ainda mantêm nos fundos das residências os barracos para conversar sobre os riscos que isso causa a todos. “Falei com os moradores e eles me disseram que até no final do mês os barracos serão desmanchados e que isso só não aconteceu antes porque alguns moradores estariam terminando as obras nas casas”, fala.

Leia também:  Prefeitura conquista área de escola e negocia outras duas para creche e espaço de lazer

Segundo o presidente do residencial Antônio Geraldino, Oseas Reis de Souza, o mutirão foi bem proveitoso. “Veio para poder atender as pessoas que vivem naquela região, esclarecendo as dúvidas e atendendo aos mais carentes com serviços básicos”, diz.

O prefeito José Carlos do Pátio visitou o mutirão e conversou com a comunidade. Para ele essa é uma oportunidade de levar a prefeitura para mais perto das pessoas, podendo ouvir as necessidades e conhecer a realidade daqueles moradores. “Esse é um projeto de cidadania, onde conseguimos levar para a comunidade coisas simples, mas que muitos não têm acesso por falta da informação”, comenta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.