Foto: Ronaldo Teixeira AGORA/ MT

Após várias tentativas de negociação e com o atraso de duas folhas e meia no pagamento os servidores terceirizados da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), suspenderam as atividades na manhã desta sexta-feira (25/11), até a regularização do pagamento.

Os servidores, proprietário dos caminhões que presta serviço para a Coder, afirmam que havia uma promessa de pagamento de pelo menos uma folha e meia para quinta-feira (24/11) e foi prorrogado para manhã de hoje, contudo foram informados que o prazo seria novamente prorrogado para a próxima semana, o que resultou na paralização.

Por intermédio do vereador Reginaldo Santos (PPS), chegaram a um acordo com o diretor financeiro da Coder, Algacyr Júnior (PMDB), que afirmou que os cheques de pagamento, referente um mês e meio de remuneração, estão prontos e aguarda a prefeitura efetuar o repasse para a Coder para que sejam liberados.

Leia também:  Dia 'D' da campanha de vacinação contra a gripe acontece em Rondonópolis

Diante do compromisso de Algacyr em efetuar parte do pagamento até às 13 horas de hoje, os servidores terceirizados retomaram ao trabalho. O restante do pagamento está previsto para ser efetuado até o dia 15 de dezembro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.