Foto: Ronaldo Teixeira AGORA/ MT

Após várias tentativas de negociação e com o atraso de duas folhas e meia no pagamento os servidores terceirizados da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), suspenderam as atividades na manhã desta sexta-feira (25/11), até a regularização do pagamento.

Os servidores, proprietário dos caminhões que presta serviço para a Coder, afirmam que havia uma promessa de pagamento de pelo menos uma folha e meia para quinta-feira (24/11) e foi prorrogado para manhã de hoje, contudo foram informados que o prazo seria novamente prorrogado para a próxima semana, o que resultou na paralização.

Por intermédio do vereador Reginaldo Santos (PPS), chegaram a um acordo com o diretor financeiro da Coder, Algacyr Júnior (PMDB), que afirmou que os cheques de pagamento, referente um mês e meio de remuneração, estão prontos e aguarda a prefeitura efetuar o repasse para a Coder para que sejam liberados.

Leia também:  Rondonópolis não tem previsão de chuva para os próximos 15 dias

Diante do compromisso de Algacyr em efetuar parte do pagamento até às 13 horas de hoje, os servidores terceirizados retomaram ao trabalho. O restante do pagamento está previsto para ser efetuado até o dia 15 de dezembro.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.