Os presidentes do ServSaúde, Vilmondes Aprigio (PPS) e do Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis (IMPRO), Josemar Ramiro (PDT), se reuniram com os vereadores, logo após a sessão ordinária de quarta-feira (16/11), para comunicar aos parlamentares e ao mesmo tempo solicitar ajuda para cobrar da administração municipal a quitação de uma divida que ultrapassa mais de quatro milhões de Reais.

De acordo com o diretor do IMPRO, a dívida da prefeitura com a instituição, até a presente data chega a R$ 3,3 milhões e engloba a parte dos segurados, patronal e parcelas de dívidas anteriores, “A diretoria do ServSaúde, Impro e Sindicato se reuniu com os vereadores para comunicar a atual dívida da prefeitura com o IMPRO, aonde até a presente data já chega a R$ 3.3 milhões, e no próximo dia 20 a dívida vai chegar a R$ 3.6 milhões, por conta de outra parcela que vence neste dia, todos os meses o Impro tem feito notificações a prefeitura sobre a dívida e no próximo mês vence o Certificado Regularização Previdência (CRP) da prefeitura, o que deverá bloquear, se a dívida não for paga, todos os convênios  do poder executivo com o governo federal”, alertou Josemar.

A situação não é diferente no Instituto Servsaúde, onde de acordo com o presidente, Vilmondes Aprígio, a dívida da prefeitura com o instituto já chega a R$ 748 mil, podendo chegar a R$ 808 mil, no próximo dia 20, quando vence mais uma prestação de dívidas anteriores, “ Nos decidimos nos reunir com os vereadores, pois não recebemos nenhuma informação da administração municipal de quando serão feitos os repasses e a quitação da dívida”, esclareceu.

Segundo o Secretário Municipal de Finanças, Adão Nunis (PMDB), informou aos diretores das instituições e aos vereadores, até o próximo dia 30, toda a dívida junto aos institutos serão quitadas, ou será preciso um projeto de lei do poder executivo, pedindo novo parcelamento da divida patronal e dos servidores, “O que nos foi repassado e aos vereadores pela secretaria de finanças é que até o dia 30 deste mês a prefeitura tem um resposta sobre a quitação da dívida, ou se vai pedir um novo parcelamento, mas, gostaria de ressaltar que a nossa intenção e receber o valor de total e não que se faça um novo parcelamento”, pontou Vilmondes.

Advertisements
Leia também:  Novo convênio garante descontos diferenciados para associados ACIR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.