O Supremo Tribunal Federal julga nesta quarta-feira (09/11) a Lei da Ficha Limpa, em ação direta de constitucionalidade da OAB nacional. A maioria deve seguir o voto do relator, ministro Luiz Fux, pela validade da lei para as eleições de 2012. O maior lobby contra não partiu de políticos, mas da Confederação Nacional dos Profissionais Liberais, que é contra o veto a candidato afastado da profissão por decisão de conselho de classe.

O ministro Luiz Fux estudou a Lei da Ficha Limpa durante meses, item por item. A pedido da OAB finalizou seu voto, que será lido no plenário.

Advertisements
Leia também:  Muito trabalho pela frente

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.