Academicos e populares plantaram mais de mil mudas de plantas nativas. Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

Alunos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e moradores da região do Jardim Atlântico participaram, hoje (10/12) pela manhã, da plantação de 1.300 mudas de plantas. O projeto contou com o apoio da Policia Federal e empresa privada.

O professor de Engenharia Agrícola e Ambiental, André Marcondes Andrade Toledo, disse que a iniciativa tem dois objetivos, o primeiro é comemorar o aniversário da cidade com trabalho de consciência ambiental e o segundo é promover a substituição das árvores que serão extraídas com o crescimento do Campus.

O delegado Romulo Rodovalho argumento que a Polícia Federal não tem a missão apenas de prender as pessoas para garantir a ordem no município e desenvolve várias ações relacionadas a preservação do meio ambiente, como por exemplo, o programa Carbono Neutro que faz plantação de mudas nativas. O programa foi comemorado ontem (09/12), com a plantação de mudas nativas em todo o país, onde existe uma unidade da PF.

Leia também:  Chuva e vento fortes provocam estragos em Rondonópolis

Paulo Berti, representante da empresa que forneceu a maior parte das mudas, esclareceu que a preservação do meio ambiente tem que ser lembrado a todo instante e por isso entende a necessidade de fazer o reflorestamento e conscientizar as pessoas. De acordo com Berti, além de ceder as mudas, a empresa fará o acompanhamento das plantas para garantir que haja progresso, assim como é realizado em outros lugares.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.