Foto da assessoria

O Termo de Convênio para primeira fase das obras de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, assinado entre o governador Silval Barbosa (PMDB) e o presidente da Infraero, Gustavo do Vale, na tarde desta terça-feira (27) irá garantir o aumento da capacidade de receber passageiros e ampliação nos voos.

Segundo informações do presidente da Infraero, o acordo para a ampliação do aeroporto da capital está dividido em duas fases. “Para esta parte do convênio vão ser liberados R$ 6,21 milhões, para obras de construção do novo prédio administrativo da Infraero e a demolição da área que não foi aproveitada. Já a segunda fase do acordo dará início à construção definitiva do terminal aeroportuário de Cuiabá”.

Leia também:  Temer diz que se não tiver votos, reforma da Previdência ficará para fevereiro

A assinatura do segundo Termo de Convênio está prevista para acontecer em fevereiro de 2012. “A segunda parte do acordo corresponde a R$ 76 milhões para reforma e ampliação do terminal de passageiros, estacionamento público e ajustes complementares. Nossa meta é que, ao final das obras de expansão, a área do terminal passe de 3.354m² para 7.740m², o que irá aumentar a capacidade de passageiros ao ano”, explicou o governador Silval Barbosa.

O coordenador da bancada federal de Mato Grosso, deputado Wellington Fagundes ressalta que a ampliação do terminal aeroportuário de Cuiabá, irá aquecer a economia do Estado. “Nossa capital está localizada numa posição privilegiada, no centro geodésico da América do Sul, com esta reforma nosso terminal poderá se transformar no aeroporto do Mercosul, com voos não só para os países que fazem parte deste grupo, mas para outras nações”, pontou Fagundes.

Leia também:  Noivo de vereadora agride ex-prefeito e caso vai para delegacia

A partir da assinatura do Termo de Convênio, as atividades de cada órgão já estão definidas. “O Estado tem agora condições para licitar a obra, a Secretaria de Cidades está incumbida de proceder com o edital que será publicado em janeiro e logo em seguida a contratação das empresas responsáveis pelas obras. A expectativa é que a reforma tenha início no primeiro semestre de 2012”, ressaltou Francisco Vuolo, secretário de Logística Intermodal de Transporte.

Também participaram da reunião o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), além dos secretários Eder Moraes – titular da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo e Nico Baracat – secretário das Cidades.

PROJETO

Durante a assinatura do convênio a Infraero apresentou um vídeo com animação do projeto que mostrou as melhorias previstas para o aeroporto da capital matogrossense. A animação mostra o terminal de passageiros completamente transformado, com rampas de acesso às aeronaves, novos estacionamentos e adequações na avenida que passa em frente ao aeroporto, para integração com o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Leia também:  Preço de carne chega a variar de R$ 10 a R$ 17 em açougues de Rondonópolis

As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e deverão estar prontas até dezembro de 2013, ao custo total de R$ 82 milhões.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.