A presidente Dilma, acompanhada pelas ministras Gleisi Hoffman e Iriny Lopes, na Conferência de Políticas para Mulheres (Roberto Stuckert/PR)

A falta de organização na 3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres fez que algumas delegações ficassem sem alojamento ou mal acomodadas, como é o caso das representantes de Mato Grosso. Rondonópolis enviou cinco representantes para o evento.

As 43 mulheres que representam o Estado foram vítimas da falha técnica. Até o início da tarde desta terça-feira (13/12) as delegadas estão acomodadas em um hotel há 40 km de Brasília-DF, como é complicado o acesso até o local onde é realizada a conferência as mulheres estão vagando pela capital federal com as bolsas no ônibus enquanto não é providenciado uma hospedagem.

Logo no primeiro dia (12/12) da conferência a presidente Dilma Rousseff se irritou com a desorganização e disse que lamenta muito pela situação que as delegadas se encontram e solicitou ao secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, que tomasse as medidas necessárias para acomodar cerca de 3.000 mulheres participam da conferência.

Leia também:  Mais de 4 mil pessoas já foram atendidas no projeto Sábado Social

A falta de hospedagem se deu em razão problema com a empresa contratada e, em função disso, as vagas dos hotéis que foram feitas em nome da empresa caíram.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.