O auxiliar de pedreiro J.S.O. (26) e o irmão J.S.O. (29), eletricista, estavam em uma lanchonete no bairro Tancredo Neves, na noite desta terça-feira (06/12), quando R.P.S. iniciou uma discussão com os rapazes, os ameaçou de morte e posteriormente esfaqueou um dos jovens.

De acordo com informações dos irmãos, no boletim de ocorrências (B.O.), R.P.S. se aproximou e lançou uma cadeira contra o eletricista e o acusava de jogar com a polícia. O que resultou na briga entre os dois rapazes, que foi apaziguada pelo irmão e populares, contudo o suspeito afirmou que J.S.O. (auxiliar de pedreiro) não passaria daquela noite.

Por volta de meia noite, quando os irmãos já estavam em casa, observam um vultou debaixo de uma árvore, próximo a residência dos rapazes, o auxiliar de pedreiro foi verificar o movimento e foi surpreendido por R.P.S. que o esfaqueou no lado direito do abdômen, os dois entraram em luta corporal e o suspeito foi jogado contra um muro, sofrendo traumatismo no tórax.

Leia também:  Secretaria de Habitação realiza ações para retomar as obras do Celina Bezerra

Após liberação do Pronto Atendimento, a vítima e o irmão foram ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) onde prestaram esclarecimentos sobre o fato. R.P.S. passou por uma cirurgia no Hospital Regional e não corre risco de morte.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.