A casa dos representantes R.R. (38) e L.C.S. (43) foi roubada na tarde desta quinta-feira (15/12), às 17h40 no bairro Coophalis em Rondonópolis. De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), os suspeitos L.F.S. (30) e R.A.S.C. (28) invadiram a casa, amarram R.R. com um fio elétrico e prenderam a mulher e a filha de cinco anos num quarto. A família foi mantida em cárcere por 40 minutos.

A Polícia Militar (PM) fazia rondas pelo local e encontrou os dois acusados saindo da residência, cada um com um capacete e com uma bolsa com oito peças de ouro, duas peças de prata, 51 semi-jóias, três relógios femininos, dois relógios masculinos, R$ 91 em dinheiro, aparelhos eletroeletrônicos, três celulares, dois revólveres calibre 38 com munições e outros.

Leia também:  Dupla é detida tentando jogar entorpecentes pelo muro da Mata Grande

Na fuga a PM conseguiu deter um dos bandidos próximo a uma esquina, já o outro acusado continuou a correr, mas foi preso a cerca de 20 a 30 metros depois do local.

Os suspeitos foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc). Durante a confecção do BO o telefone de L.F.S. tocou, um dos policiais se passou pelo suspeito e uma pessoa de nome R. disse “aí véio deu certo a parada, vocês pressionaram a mulher”. Consta no BO que o novo suspeito seria a pessoa que daria apoio a fuga dos bandidos.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.