Divulgação
Dono de duas das músicas mais tocadas no Brasil em 2011, Michel Teló já prepara terreno para novos candidatos a hits.

No recém-lançado disco ao vivo “Na Balada”, o paranaense vai pelo housenejo (house e sertanejo) em “Eu te amo e open bar” e pelo samba rock em “Humilde residência”. Ir muito além do sertanejo é uma especialidade do cantor de 30 anos.

“Fugidinha” tem pagode em seu DNA e “Ai se eu te pego” toma emprestado refrão funkeiro e levada de forró.

Depois dos hits “para curtir na balada”, a ideia é fazer sertanejo de raiz, ainda em 2012. “É um desejo que tenho há muito tempo. Dei prioridade para a carreira, para acompanhar o momento. Esse outro projeto é algo de satisfação pessoal, feito com muito carinho”, disse o cantor em entrevista ao G1.

Leia também:  Novo álbum mostra que Lulu Santos vai do rock e pelo pop retrô das FMs dos anos 1970
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.